um dia meio assim...

|
Receber uma notícia triste no meio do expediente: há muito que fazer ainda, sem tempo para absorver o que foi ouvido.
respirar fundo e seguir adiante.
colocar na gaveta "para processar depois". Mas está abarrotada de coisas e não fecha direito, fica uma fresta. De minuto a minuto vislumbrar o que não se teve oportunidade.
peito apertado, sensação de pequenez e um certo estrangulamento no tronco cerebral.
contar os minutos e estar pronta para o dilúvio.
fingimento total. Finalizar e sorrir.
satisfação com o trabalho. Insatisfação com o porvir.
voltar-se para a gaveta e não saber o que fazer.
sair para almoçar?
Refugiar-se num local privado?
Sim, correr ao banheiro. O local mais privado que existe.
chorar
de dor
raiva
angústia
desilusão
chorar sem nem saber direito o porquê.
Chorar a dor, a mágoa difusa, a decepção preestabelecida e os outros milhões de motivos que se leva às lágrimas.
A gota-d'água?
A notícia, nem tão inesperada, mas surpreendente.
e permanecer, exalando pelos olhos e garganta as dores não digeridas com um quê de
“eu já sabia".

1 nada a declarar?:

nixon vermelho disse...

respira fundo.